top of page

Influência Peruana

Como muitos países produtores de cacau, o Perú viveu um período em que as variedades locais de cacau - de maior qualidade sensorial - foram substituídas por variedades genéticas mais produtivas e resistentes a doenças. Isso fez com que muitas variedades chegassem à beira da extinção. Com o crescente aumento da produção de chocolates artesanais e Bean to Bar, resgatar e valorizar essas variedades locais se tornou uma atividade viável novamente. E o Perú é um ótimo exemplo desse movimento.


São 2 regiões que se destacam: Cuzco, com as inúmeras sub-variedades dos Chunchos, e Piura com os Blancos, cacaus de sementes albinas como nossos Catongos (a maioria dos cacaus tem sementes roxas). O cacau de Piura é, possivelmente, uma mistura dos Nacionais do Equador com os Porcelanas - Criolos da Venezuela - e trazem intensas notas florais e frutadas. São cultivados por descendentes dos povos indígenas locais em regime de agricultura familiar. E vem tendo suas qualidades aprimoradas há pelo menos 5 mil anos.


Por questões de barreiras fitosanitárias, o cacau dos países vizinhos não pode ser importado como matéria prima para a produção de chocolate aqui no Brasil. Porém, acreditamos que seja de extrema importância para nosso repertório sensorial que exista essa troca, para o melhoramento e aprimoramento de nosso cacau e chocolate.





bottom of page